Detalhes do Site

A Anti-homenagem JAZ e Sua Justiça



    Tem uma benzedora, famosa em São Miguel das Missões que diz:
    “Quem visita o Antimonumento, divide suas culpas, enterra muito de seus males, de seus pecados”
    Vídeo JAZ - Monumento Anti homenagem - São Miguel das Missões
    A obra, de João Loureiro. Trata-se da representação de um personagem histórico do século XVII, um bandeirante em rústicas vestes sertanistas. Não é do costume dos gaúchos enterrar seus heróis ou monumentos, ou comparar assim sua arte, mas esse monumento ou antimonumento, ou anti-homenagem, tem várias características interessantes, que se somam as lendas e comportamento dos miguelinos. Ele está em um descampado com uma vista privilegiada para as Ruínas de São Miguel Arcanjo, outro fato interessante é dar a ideia de um mausoléu, sendo que o melhor ponto de referência para encontrá-lo é o Cemitério Municipal de São Miguel das Missões, que fica a uma quadra do caminho para o antimonumento. O fato é que nosso povo e tradições são muito ligados aos índios, ao gaúcho e ao mate.
    Apoio em fotos Vilmar ten Caten

  • Sobre

  • A Região das Missões nada seria sem essa parte indígena. E por isso vem como um símbolo, a escultura do bandeirante Manuel Borba Gato, o "Caçador de Esmeraldas", homem que matou e domesticou tantos outros, eternamente enterrado contemplando a beleza das ruínas que são Patrimônio Histórico da Humanidade. Para outros um heroi, para nós não. O maior pesar de um homem é saber que seu erro não pode ser corrigido, nada trará o sangue derramado dos irmãos, honrá-los e seguir o exemplo é o que fez a fortaleza de nossa gente. Nossas façanhas não são enterradas.
    Mais detalhes sobre o Prêmio Arte e Patrimônio 2007 IPHAN. Clique aqui. 

Informações

A Anti-homenagem JAZ e Sua Justiça
São Miguel das Missões, RS
Rua Jandir Nascimento, s/n.
Telefone: (55) 3312-9485

Formulário para contato