Notícias

09/08/2018 12:22


Berço do Rio Grande do Sul se Une Contra a Descriminalização Virtual

     Patrimônio Cultual da Humanidade precisa de Melhor Sinal Internet.
     Cada um de vocês, que são parte dessas 7 bilhões de pessoas que habitam o Planeta Terra, tem o direito de ser igualmente reconhecido e respeitado, independente das condições econômicas, culturais, de gênero ou étnico-raciais e também do lugar que estejam nesse momento. Essa garantia advém de uma luta histórica por direitos humanos, por direitos que garantam as condições necessárias para uma vida digna
     Comunidade em mobilização para ter consciência do potencial desperdiçado em comércio, educação, turismo e informações por falta de um bom sinal de internet em São Miguel das Missões com reflexos que se ramificam mais diversos serviços na Região das Missões.
Internet no trabalho ou em casa deixou de ser um luxo há muito tempo. Como prova da importância do serviço, um movimento foi lançado na tarde de ontem pela comunidade, representantes, advogados, líderes comunitários, professores e funcionários públicos e empresários começam a divulgar e criar um grupo de apoio para cobrar um serviço essencial nos dias de hoje, ainda mais um cidade polo do Turismo Nacional, Patrimônio Cultural da Humanidade (ONU) e reconhecida como a “Cidade Berço dos Gaúchos”.
     A comunidade está recolhendo ofícios e declarações de apoio. _“Estamos sendo tratados de forma desigual, no primeiro momento vamos buscar informações para não sermos injustos, mas vamos apoiar e buscar um serviço para nossa cidade competente e justo” declara uma das lideres.
     Este ato pelo acesso melhor à internet de qualidade deve ganhar adeptos de outros setores. A reclamação se deve à falta de fornecer informações e situar o Patrimônio da Humanidade junto a outros pontos turísticos do país, já que a busca de informações primordiais se dá na interação entre comentários, indicações, notícias e acompanhamento.
     #Como um turista que se informa de tudo antes de vir tem acesso? 
     #Como podemos estar agendados e preparados para recebê-los? 
     #Como podemos avisa-los e informa-los de uma festividade, promoção ou novidade se nossos meios de comunicação são precários?
     Está restrição provoca mais que uma perda, é uma desatualização, deficiência, causa em toda a região um reflexo em cascata que atinge diretos setores que devem ser competentes, qualificados e dinâmicos.

     Exemplos:
     A maior divulgação é quando uma pessoa bate a foto e posta, as fotos são hoje uma mensagem de interação, que abra diálogo e chama a atenção do Google. Não podemos esperar que os turistas retornem as suas cidades e digam que estiveram na “Nascente do Riogrande”. Depois muitos não colocam e perdemos o ato de interação e repercussão de nossas belezas e culturas.
     Hoje ninguém  viaja sem conhecer virtualmente antes, local, mapeamento, comida e pouso.
     Quando um turista interessado em conhecer nossos produtos artesanais que encomendar para estar preparado quando visitar a cidade não encontra dialogo virtual.
     Os estudantes perdem o estimulo de pesquisar a diversidade de conteúdos onde em outras sociedades a tecnologia é melhor, assim perdendo competitividade.
     Um exemplo dos reflexos e falta de competitividade, o problema é evidente a Justiça Federal deixou de receber processos em papel. Ou seja, os advogados precisam fazer petições pela internet tem dificuldades pelo maus serviços “hoje” de todas as operadoras.
     A poucos dias estiveram em São Miguel realizando estudos e colhendo informações para colocar no mapa virtual de seu site um equipe do ERAVIRTUAL, um serviço impar em todo o Brasil, sem descrição, só os que visitam o site podem entender a importância deste serviço para toda a cultura brasileira e principalmente a integração e acesso junto a gaúcha. O grupo encontrou sérias dificuldades de acesso, causando lendidão e prejuízo junto a colheita de material, fato que não ocorre em outros Patrimônios Históricos da Humanidade espalhados pelo Brasil.
     A educação é um dos direitos humanos assegurados nos tratados e convenções internacionais e na legislação brasileira. No Brasil, a educação é um direito de todos e todas, ao longo de toda a vida, independentemente da origem social, de gênero, raça, local de nascimento ou moradia.
     Apesar do direito humano à educação ter sido reconhecido em nossa legislação, sua efetivação ainda não alcança todas e todos os brasileiros. Ainda sofremos com a falta de oferta educacional na educação infantil e na educação de jovens e adultos, condições precárias e desigualdade no atendimento, altas taxas de evasão e de distorção idade-série, entre outros. Para que o direito à educação seja de fato reconhecido e efetivado para todos os brasileiros é preciso que haja mobilização popular. É preciso que as escolas, comunidades, fóruns, redes de educação, etc. possam reivindicar pela efetivação dos direitos previstos na legislação e, quando for o caso, pela criação de novas leis, políticas e programas que atendam as demandas e necessidades da população brasileira.
     Faça parte desta rede em defesa da educação de qualidade, da ampla informação e do amor a nossas origens! Sua participação é fundamental para avançar na implementação do nosso direito.
Qual operadora tem o melhor sinal e o 4G mais rápido no Brasil? Descubra. 
Site: Roteiro por São Miguel das Missões 
*Lenda da M?boi Guaçu - Cobra Grande de São Miguel
*Tatarandê Comunicação Entre Reduções,
*Os Guaranis Carregaram Seus Mortos da Batalha de Caiboaté
*Cotyguazú, Hospital, Azilo e Albergue para as Indias Guarani,
*Lenda da Cruz de Caravaca
*Lenda M'Bororé
*Batalha M'Bororé
*Batalha de Caiboaté,  

Ruínas de São Miguel Arcanjo.
Ruínas de São Nicolau.

Ruinas de São Lourenço.
Ruinas de São João Batista

ERAVIRTUAL Visando a ampla divulgação e promoção do patrimônio cultural brasileiro desde 2008 tem sido desenvolvido o projeto ERA VIRTUAL. Sua primeira iniciativa foi a criação de visitações virtuais a museus brasileiros e seus acervos. Este projeto foi e continua sendo resultado da percepção de que nesta nova era da tecnologia das informações é essencial inovar, rever e reconstruir o modo de promover a cultura. Ao perceber o potencial de das visitas virtuais em promover as instituições beneficiadas, em 2013, decidimos desenvolver o projeto também para os parques nacionais e para as cidades com sítios considerados como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.
Ao longo desses anos, cada novo museu tem sido um desafio, cada nova exposição tem sido um imenso prazer. Viajamos por todo o Brasil registrando as mais distintas e interessantes exposições, monumentos e belezas de nossas terras. Traduzi-las em imagens, sons e interação tem sido o dever que assumimos com imenso amor. A ampliação do projeto ERA VIRTUAL para fora das paredes dos museus nos apresentou novos desafios e oportunidades de criar. Sobrevoar matas, praças e ruas, sonhar de novos modos a mesma realidade. Ir mais longe, para descobrir que o mais belo pode estar à nossa porta. Mais uma vez reafirmamos que num mesmo mundo, novas realidades são possíveis. São essas novas perspectivas sobre o cotidiano que deixam nossas vidas quase sempre mais belas. É necessário percebermos estas belezas que nos definem como brasileiros. Só assim compreenderemos a nossa própria identidade, a aceitaremos e valorizaremos.
Transpor museus, exposições e monumentos do patrimônio cultural brasileiro do mundo real para o virtual é o exercício de nossa equipe na busca da valorização do que somos. Promover a plural identidade brasileira tem sido nosso ideal. As parcerias estabelecidas pelo ERA VIRTUAL visam tornar o projeto uma referência de material didático não-formal dentro das escolas.

EM DESTAQUE

Jada hotel

Fuscar Multimarcas Peças e Serviços

São Pedro Butiá

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...