Notícias

13/01/2022 16:25


Governo publica decreto que altera protocolos de combate à Covid-19 em Santo Ângelo

A principal medida proíbe pistas de danças em eventos. Máscaras, álcool em gel e distanciamento seguem obrigatórias em locais religiosos, bares e similares

O prefeito em Exercício, Volnei Teixeira, assinou nesta terça-feira (11), o Decreto nº 4090/2022 alterando o de número 4.072, de 23 de novembro de 2021, com protocolos sanitários de prevenção contra a Covid-19, em virtude do crescente aumento de casos confirmados neste mês de janeiro em Santo Ângelo, com 739 registros da doença e média de 56,8 casos ao dia. 
As novas medidas foram debatidas em reunião coordenada pelo secretário municipal de Saúde, Dr. Flávio Christensen, com a presença da advogada do Município, Nicole Duprat, do fiscal sanitário Ubiratan Gross Alencastro e do vice-presidente da Associação Comercial Industrial de Santo Ângelo (Acisa), Mauro Tschiedel, que integra o Comitê Temporário de Enfrentamento ao Coronavírus, e seguem orientações da Organização Mundial de Saúde.
O decreto reitera o município em situação de calamidade pública e mantém os protocolos sanitários de obrigatoriedade de oferta de álcool em gel, o uso de máscaras e o distanciamento de dois metros entre as mesas em festas, eventos, bares e similares. Os frequentadores também devem permanecer sentados a mesa durante o consumo de alimentos ou bebidas. Em missas e demais cultos religiosos, é obrigatório o uso de máscaras e a ocupação intercalada de assentos com distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas.
Segundo o secretário de Saúde, Dr. Flávio Christensen, o novo decreto proíbe pista de dança em eventos, casas noturnas, bares e similares pelo período de 15 dias. "Fica permitida a música ao vivo, conforme limite de decibéis estabelecidos, desde que os clientes permaneçam sentados durante o consumo de alimentos ou bebidas", explica.
SAÚDE SEGUE ATENTA AO AUMENTO DOS CASOS
Christensen não descarta medidas mais severas caso ocorra o aumento de casos e uma disseminação maior do vírus em Santo Ângelo. "Poderemos adotar ações mais restritivas para diminuir o número de casos e a circulação do vírus. Estamos monitorando os atendimentos na UPA 24 Horas, nas unidades de saúde e nos hospitais, e acompanhando às pessoas em isolamento domiciliar e, a qualquer momento, poderemos sugerir medidas mais severas", alertou.
Foto: Fernando Gomes/Arquivo

 
 
Baixar arquivo anexado

EM DESTAQUE

Santo Angelo

Santo Ângelo - Capital das Missões - o último dos Sete Povos.

Saiba mais

Facas Artesanais de disco Tatu

Faca artesanal de feita de disco de arado tatu com cabo anatômico, bainha de couro com passador.

Saiba mais

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...