Notícias

24/09/2021 10:40


Otávio Reichert - INTEGRANDO - 24/09/2021

Semana Farroupilha 2021 - O que mudou? Cabe lembrar que os festejos gaúchos da Semana Farroupilha nunca serão iguais, até porque anualmente segue uma temática específica. Em 2021 foram reverenciados os feitos da heroína de dois mundos - Anita Garibaldi - nascida em 1821 (portanto 200 anos), a qual se destacou na revolução gaúcha (1835 e 45) – no país uruguaio e depois na Itália, onde veio a falecer, e que após sete sepultamentos seus restos mortais estão junto ao monumento em sua homenagem, em Roma. 

    Também cabe lembrar que o RS está dividido em 30 Regiões Tradicionalistas (RT), e que a Região Missões é a 3ª RT, a maior de todas, abrangendo 41 municípios.

O Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), em virtude da persistência da pandemia vetou festejos no ano passado, e para 2021 inovou sobre a origem da centelha para a Chama Crioula, possibilitando que cada região tradicionalista gerasse a sua, evitando aglomerações e minimizando as distâncias de deslocamento dos cavalarianos, conduzindo-a dentro de suas respectivas regiões.

Ao mencionado, por proposição do Coordenador da 3ª RT - Eduardo Bechorner, no dia 3 de setembro realizou-se o ato simbólico junto ao monumento da Lagoa da Mortandade, sendo a Chama Crioula posteriormente distribuída, de Eugênio de Castro, para todas as entidades tradicionalistas. Com esta iniciativa os missioneiros também reverenciaram o heroísmo dos maragatos que perderam suas vidas por idênticos ideais, lutando por justiça e independência.

Embora quase oitenta anos separem a Revolução Farroupilha ao Combate do Carajazinho – que se deu em 1923 entre Maragatos e Chimangos – também foram lembrados os gaúchos que ali pereceram e cujos corpos foram jogados nas águas da lagoa Chaine – a Lagoa da Mortandade!

O que mudou? Quem acompanhou as atividades tradicionalistas melhor o sabe. Não houve liberação para fandangos nos CTG, o que fez muitos ficarem batendo pé sob a mesa, acompanhando o ritmo musical. E salvo algumas regiões também não foram realizados desfiles temáticos e de cavalarianos, principalmente para evitar aglomerações do público assistente.

     Soma-se também as limitações de público para as refeições e atividades. No aspecto alimentar, também houve elevação dos custos, principalmente dos churrascos (costelões) em virtude do alto preço das carnes.

Tropeiros missioneiros – Durante as sessões de fisioterapia (prótese no joelho) conheci o santo-angelense Aníbal Fonseca, um dos tropeiros remanescentes desta querência. Com 78 anos, contou que, quando guri de 15 anos, foi um dos culatras a tropear 410 mulas até São Paulo, levando 96 dias até chegarem ao destino, e que depois retornaram de trem e ônibus. Tirei o chapéu!

Humor - Sabia que um terço da salsicha é sal?
- E o resto?
- Sicha.

 

EM DESTAQUE

Churrascaria do Chico

Fazendo vontades com sabor, qualidade e economia.

Saiba mais

Associação dos Municípios das Missões AMM

Têm em comum a história e a disposição de luta pelo crescimento econômico e social da Região Missões.

Saiba mais

Roteiro por São Miguel das Missões

É cercado de lendas e costumes, símbolo da Nascente do Riogrande, Patrimônio da Humanidade.

Saiba mais

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...