Notícias

19/05/2021 09:50


Prefeitos e Comitê Científico Regional se reúnem para elaboração do Plano de Ação da R11

O Presidente da AMM, Prefeito de São Nicolau Ricardo Klein, reuniu os prefeitos dos 24 municípios que compõe a região Covid R11, para definir as ações da região relacionadas ao novo sistema 3 As de Monitoramento, recentemente implantado pelo estado e em vigor desde domingo (16), o novo formato de gestão da pandemia no Rio Grande do Sul utiliza dados epidemiológicos e de acompanhamento do sistema de saúde para subsidiar o processo de tomada de decisão dos gestores, que pode se converter em um dos três indicadores de decisão, os “3 As”: Aviso, Alerta e Ação.
 
Na reunião manifestaram-se a Coordenação do Comitê Científico Regional Enfermeira Daniana Pompeo e o Administrador Mauro Teischel, o Assessor Jurídico da AMM Gladimir Chieli e o Coordenador Regional de Saúde Iury Sommer, além de prefeitos e secretários de saúde. Após a região receber o alerta do governo estadual, que representa uma tendência grave em relação à propagação do coronavírus, pressão no sistema hospitalar tanto em leitos clínicos como de UTI.
 
Após detectar a situação a partir do monitoramento dos indicadores desde o fim de semana (dias 15 e 16/5), o GT Saúde informou ao Gabinete de Crise sobre a necessidade de emitir um Alerta para as regionais. A partir disso, o Gabinete de Crise se reuniu na noite da segunda-feira (17/5) e decidiu emitir os cinco primeiros alertas. O processo entra na fase de Ação. Significa que a região de Santo Ângelo, têm 48 horas, a contar da emissão do alerta (ao meio-dia desta terça, dia 18/5), para avaliar, responder sobre o quadro das regiões e apresentar plano de ação compatível com o Alerta e com a situação epidemiológica apontada, com o objetivo de reverter a situação. Se a resposta da região for considerada adequada, a proposta é aplicada imediatamente, e a região segue sendo monitorada pelo GT Saúde. Caso a resposta não seja adequada, o Estado poderá intervir e estipular ações adicionais a serem seguidas.
MACRORREGIÃO MISSIONEIRA - SANTO ÂNGELO
  A situação mais crítica de todas é na região Covid de Santo Ângelo, onde o Alerta foi emitido devido ao elevado e rápido crescimento da incidência de casos confirmados em sete dias para cada 100 mil habitantes – de 260,3 em 9 de maio para 424,1 em 16 de maio, aumento de 62,9% em sete dias. Essa incidência de 424,1 está 89% acima da incidência estadual.
 
Em leitos clínicos, o número de confirmados cresceu 51,5% em 19 dias – de 99 em 27 de abril para 150 em 16 de maio. Nesta mesma data, 45 pacientes estavam internados na UTI com Covid-19, o maior ponto da série histórica. A taxa de ocupação da região está em 100%, e 85% dos pacientes são confirmados por Covid-19.
 
A incidência de óbitos na região também está aumentando – passou de 8,2 em 8 de maio para 11,8 em 16 de maio, crescimento de 43% em oito dias. Esse valor é 78,8% maior que a média estadual, de 6,8 em 16 de maio.
 
Nesta reunião de hoje, após longa discussão, foi aprovada a continuidade da atual composição do Comitê Científico Regional, que tem na coordenação geral a Enfermeira Daniana Pompeo, de Santo Ângelo, também está sendo elaborado por este comitê o Plano de Ação Regional, que será apresentado para o estado nas próximas 48 horas, com ações definidas em conjunto pelos prefeitos, das quais podemos citar inicialmente que deverá ser intensificada a fiscalização nos municípios, através de uma parceria do setor público com o privado, formalizada com a assinatura de um termo de responsabilidade; Haverá o lançamento de uma campanha de mídia, com a participação de todos os municípios, e apoio da Alibem; Sobre as aulas, cada município é livre para voltar com as aulas presenciais na rede pública municipal e particular, mantendo um monitoramento de casos Covid na comunidade escolar e as escolas estaduais terão autonomia para essa decisão, não precisando necessariamente acompanhar a rede municipal; E quanto ao comércio, haverão algumas restrições de horários, determinados em conjunto por toda a região, que serão apresentados após a aprovação deste plano por dois terços dos prefeitos da região, observando a importância dos serviços essenciais e comércio em geral, que se manterá aberto, com horários diferenciados, devendo atender os protocolos de segurança e responsabilidade.
 
O Plano de Ação Regional, com todas essas informações será apresentado nesta quarta-feira (19/5), para apreciação e considerações dos prefeitos. Maiores informações serão emitidas após a finalização e aprovação deste plano.

EM DESTAQUE

Pousada das Missões

Associação dos Municípios das Missões AMM

Têm em comum a história e a disposição de luta pelo crescimento econômico e social da Região Missões.

Saiba mais

Mato Queimado

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...