Notícias

26/03/2022 14:21


Índice de Confiança dos Empresários do Comércio tem queda em março

O arrefecimento da confiança se concentrou em questões relacionadas à piora na percepção das condições atuais da economia 

 

No mês de março, o Índice de Confiança dos Empresários do Comércio gaúcho apresentou variação de -0,6% e registrou o nível de 113,5 pontos. A análise dos principais aspectos da pesquisa permitiu verificar que este movimento foi mais representativo nas condições atuais. Essa é a quarta queda consecutiva do ICEC que se encontra, em nível, 9,0% abaixo do período pré-pandemia (março/20). A pesquisa foi divulgada pela Fecomércio-RS nesta sexta-feira, dia 25.    

Segundo o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, os resultados do ICEC revelam o arrefecimento da confiança em meio a um ambiente em que o ritmo de recuperação da atividade econômica ocorre com morosidade, a inflação segue pressionando o orçamento de famílias e empresas e a invasão na Ucrânia insere ainda mais incerteza ao cenário.   

Essa tendência de arrefecimento é mais clara ao se analisar o ICAEC (Condições Atuais). O subíndice registrou 93,0 pontos e teve variação de -6,4% na comparação com fevereiro passado. Em relação ao mesmo período de 2021 esse resultado superou em 19,5% em nível. Houve piora, na margem, em todos os componentes deste subíndice. Nesta edição, 47,8% dos entrevistados destacaram ter havido melhora nas condições do setor. Na edição anterior, esse percentual foi de 52,3% e em março do ano passado de 39,5%. O ICAEC apresenta-se, atualmente, 17,2% mais baixo do que no período pré-pandemia (março/20).  

“O empresário gaúcho permanece resiliente. Ainda que estejamos em condições melhores do que há um ano, a pandemia e suas sequelas sobre a economia abalaram muito a confiança do empresariado”, completou Bohn.  

Em relação às expectativas, o IEEC registrou aumento de 3,4% na margem. Aos 141,8 pontos esse resultado representou uma alta de 2,5% em relação ao mesmo período de 2021. Todos os componentes do IEEC tiveram aumento, tanto na margem quanto na comparação interanual. Contudo, quando se compara com o período pré-pandemia as expectativas se encontram ainda 9,3% abaixo daquele patamar. Em 76,0% dos casos se espera uma melhora da economia nos próximos meses. Esse percentual, em mar/21, era de 74,2%.  

O índice de investimentos (IIEC) teve variação de -0,6%, ao nível de 105,6 pontos. Este é o único subíndice a registrar na atualidade patamares semelhantes ao que se verificava no período pré-pandemia (0,1%). O componente de contratação de funcionários teve variação de 0,1% na margem, aos 123,4 pontos e está 6,8% acima do mesmo período do ano anterior. O nível de investimento teve queda de 1,3% (100,9 pontos), com alta de 30,9% frente ao mesmo período de 2021. A situação dos estoques teve leve queda (-0,5%) e atingiu, em nível, os 92,6 pontos. Enquanto em março do ano passado, 61,2% enquadraram que o nível de estoques está adequado, em março deste ano esse percentual foi de 57,7%. 

           Veja aqui a análise do ICEC.

 

Marina Goulart

Moglia Comunicação Empresarial

Fone: (51) 9 9659.5469

Porto Alegre-RS

 

http://www.moglia.com.br

EM DESTAQUE

Pod Cast

O Pod Cast do Portal das Missóes traz muita História, Entretenimento e Noticias da Região. Acompanhe aqui!!

Saiba mais

IV SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA, EDUCAÇÃO E TURISMO DA REGIÃO DAS MISSÕES

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...