VIDEOS

Um Coqueiro com três copas, Tridente da Lagoa de Eugênio de Castro nas Missões

        O Tridente que uniu os Maragatos e Ximangos.
        Missões RS, um Coqueiro com Três Copas, um Tridente natural nas terras da Lagoa da Mortandade. Ponto de curiosidade numa terra cercada de histórias  sobre revoluções e heróis anônimos que deram suporte a fatos que desenvolveram a região, tradições gaúchas e a agricultura.
        Contam isso, é fato que nas noites sem lua os espíritos da Lagoa da Mortandade podem deixar as águas e procurar o Tridente, chave que os libertariam da eterna espera, o reino que terão direito.
        Uns certamente irão para o inferno por maldades e covardias, outros terão direito ao céu com a parceria dos anjos e justos.
        Mas vários relatos de moradores, gente boa por demais, falam da história que após os corpos serem jogados dentro da Lagoa da Mortandade com o tesouro e as armas, os espíritos continuariam a lutar, desta vez sem mortes e motivos, só brigas e gritos de dor que se tornariam eternos, sem diálogo, cada vez mais altos, sem trégua.
        Arcanjo São Miguel, o "General dos Anjos", vendo que este atrito se eternizaria sem maldição desceu até  as águas, parou a luta entre os Maragato e Ximango e decretou que ele esconderia uma "chave" em forma de "Tridente" nas terras da região, que o "Lado" que encontrasse esta "chave" seria libertado das águas da mortandade. Os que ficassem teriam que esperar o tempo diluir o "Tridente". Que em noites sem lua poderiam vagar pelas Missões até encontrar o Tridente, mas se continuassem a lutar e gritar teriam que passar a eternidade ali, até  a lagoa secar. Se Ximango e Maragato se unissem teriam mais gente a procurar e em menos tempo estariam todos libertos, lutar após a morte é perda de tempo.
        O Arcanjo Miguel fez nascer próximo um Coqueiro em forma de Tridente, para tirar das missões os brados em luta e a falta de objetivos da batalha, sem diálogo ou razão. Não se sabe se algum dos lados achou, mas quando não há brilho da lua nas águas da Lagoa da Mortandade moradores da vizinhança dizem ouvir grunhidos, resmungos e ranger de dentes quando o vento levanta as folhas secas do torrão vermelho das estradas e matas de Eugenio de Castro.
        Um dia o Coqueiro de Tres Copas morrerá, a Lagoa secará, mas até lá, as duas cor de lenços, irmanados, amadrinhados, ombreados em vez de lutas estarão procurando o Tridente.
Versão Roger Jaekel 
Site: Lagoa da Mortandade - Lagoa do Chaine 
Site: Coqueiro Tridente da Lagoa da Mortandade
Site: Lenda Lagoa da Mortandade - Lagoa do Chaine 
Notícia: 
Lenda do Tridente que uniu os Maragatos e Ximangos

Vídeo: Lagoa da Mortandade Eugênio de Castro
Imagem: Lagoa da Mortandade (Chaine)
Imagem: CTG Ronda do Rio Grande e a Lagoa da Mortandade 
Vídeo: 
Região das Missões - Noroeste Gaúcho
Vídeo: CTG Ronda do Rio Grande Eugênio de Castro das Missões
Vídeo: Um Coqueiro com três copas, O Tridente da Lagoa de Eugênio de Castro das Missões

Outros videos

Catedral de Santo Ângelo

Catedral de Santo Ângelo

?Site: Centro Histórico Santo Ângelo  Site: Museu José Olavo Machado  Site: Museu Coluna Prestes  Site: Museu Verzeri Site: Museu Cultural Marechal Rondon  Site: Museu a Céu Aberto  Site: Museu da Polícia Federal  ...

Ver detalhes »

Monumento Colono Salvador das Missões/RS.

Monumento Colono Salvador das Missões/RS.

Esta engrenagem gigante era de tração animar usada em sua maioria como esmagador de cana de açúcar e milho, mas seu uso era empregado para moer e espremer todos os vegetais. Geralmente uma ou duas cangas de bois que fica...

Ver detalhes »

Pedro Ortaça, A Volta do Sorro Manso

Pedro Ortaça, A Volta do Sorro Manso

_Arreganho a oito baixo que nem risada de china faço roncar os bordões enquanto a prima se empina voltando a historia do sorro que hoje no mais se termina. _É que o sorro desta historia não pegou ensinamento curado da m...

Ver detalhes »