Detalhes do Site

A missioneira Janela para o Céu



    No interior do Museu Monsenhor Estanislau Wolski, em Santo Antônio das Missões, tem uma obra de arte única em todo o Brasil. A Porta do Sacrário da Redução Jesuíta, peça esculpida pelos índios Guarani durante o segundo período jesuítico, que guarda em seus entalhes uma descrição e histórico que lhe dá um valor incalculável ao povo missioneiro como um todo.
    Itaroquem - ITACURU: significando “realidade, estado de estar em tal condição”, PAEM: “tudo. Estar ali para sempre.”
    Esta palavra se flexiona em um significado maior, que insere, no Período das Reduções por volta de 1750 (durante a Guerra Guaranítica). A Redução de São Francisco de Borja foi destruída, porém e a Porta do Sacrário foi resgatada e protegida pelos índios que a guardaram em uma pequena capela onde é hoje Cemitério do Itaroquem. Com o fim da guerra, o isolamento e a retirada da Companhia de Jesus, a capela foi sendo esquecida, ficando A Porta do Sacrário em posse da família Marques, enquanto a capela ia se deteriorando e se tornando cemitério.
    Desde sempre se falou que “quem é enterrado dentro da capela do Itaroquem fica mais perto do céu” o que fez, ao passar dos anos, da capela tornar-se pequena, e ser denominada Cemitério do Itaroquem. Cabe salientar já ser um pedaço do paraíso. 
    De idos tempos esta portinhola passou a ser venerada em orações, sendo citada como um pequeno acesso para o céu, uma vigia para o céu. Quando o então Padre Jesuíta Estanislau Wolski começou a resgatar as imagens e símbolos das Reduções Jesuíticas para proteger esses patrimônios, resgatou estas Pedras Itacuru do Cemitério do Itaroquem, construindo o pequeno museu que conhecemos hoje. Uma das mais valiosas aquisições foi a Porta do Sacrário de São Francisco de Borja, doada por Carolina Marques, sendo tombada como patrimônio coletivo.

  • Sobre

  • Atualmente, ao visitar o Museu de Santo Antônio, ao vermos a Porta do Sacrário, ela atrai o pensamento.
    Ali Está Uma Janelinha Para o Céu”. 
    Junto ao Mausoléu dos Marques no Cemitério do Itaroquem (vídeo), jaz também a missioneira Carolina, bem mais perto do céu, de onde podemos observar a beleza da pequena janela do paraíso.
    Museu Missioneiro Estanislau é o maior acervo de miniaturas missioneiras sacras da Região das Missões Jesuíticas dos Gaúchos. As miniaturas em madeiras, esculpidas pelos índios guarani há mais de 300 anos, despertam grande interesse do público, seja pelo valor histórico, bem como resgate das origens tradicionalistas e do índio missioneiro, os quais faziam miniaturas de santos, levando-as consigo para proteção.  
    Versão 
    Otávio Reichert
    Site: Cemitério do Itaroquem
    Vídeo: Cemitério do Itaroquem
    Imagem: Cemitério do Itaroquem
    Site: Roteiro Santo Antonio das Missões

    Site: Roteiro Entre Lendas Missioneiras
    Site: Uma Janelinha do Céu nas Missões
    Site: Túmulo do Santo dos Tropeiros
    Site: Fazenda Itaroquem 

Informações

A missioneira Janela para o Céu
Santo Antônio das Missões, RS
Rua Francisco Gonçalves Morales, 5882 
Telefone: (55) 3312-9485

Formulário para contato