Notícias

11/08/2017 18:59


Iniciadas Obras De Restauro Dos Vagões No Museu Ferroviário

Carros de passageiros e de serviço receberão intervenções específicas de restauração com recursos de multas aplicadas pelo MPF
O Governo Municipal e a Procuradoria da República deram início nesta segunda-feira, 07, às obras de restauração dos vagões expostos na antiga Estação Férrea de Santo Ângelo que hoje abriga o Memorial à Coluna Prestes e o Museu Ferroviário. As obras estão orçadas em R$ 212.474,88, e os recursos são oriundos de transações penais impostas pelo Ministério Público Federal (MPF) de Santo Ângelo contra a antiga América Latina Logística (ALL), hoje Rumo Logística Operadora Multimodal, pelo abandono dos trens como meios de transporte na Região Noroeste. 
A solenidade de início do restauro teve a presença do prefeito em exercício Bruno Hesse, do procurador da República em Santo Ângelo Osmar Veronese, da secretária de Cultura Neusa Cavalheiro, do Patrono da  XXV Semana Cultural de Santo Ângelo Jovenil Menezes e da arquiteta Maíra Oliveira Pires, responsável pela restauração vinculada à empresa vencedora do processo licitatório para a execução das obras. 
Para Osmar Veronese a Semana Cultural é o momento oportuno para a continuidade e à retomada do projeto de restauração do Complexo que abriga o Museu Ferroviário, desta vez com a revitalização dos vagões que fazem parte do acervo do local e ressaltou a escolha do senhor Jovenil Menezes, ferroviário aposentado como Patrono do evento. O procurador da República em Santo Ângelo lembrou que o projeto teve início com investimentos de R$ 400 mil – também oriundos de multas à ALL – para a construção de passeios, cercamento do complexo e outras obras realizadas. “Ainda dispomos de recursos para investimentos na recuperação do prédio cujos projetos aguardam ajustes técnicos. É interessante auxiliar na restauração e revitalização dos espaços que abrigam nosso patrimônio, contribuindo também para o desenvolvimento do turismo histórico e cultural de Santo Ângelo”, assinalou. 
O prefeito em exercício Bruno Hesse e a secretária municipal de Cultura Neusa Cavalheiro, destacaram o procurador como grande parceiro da cultura santo-angelense e reconheceram a sua luta, travada desde 2003, pelo restabelecimento do transporte ferroviário na região. 
PROJETO
A arquiteta Maíra de Oliveira Pires explanou o projeto de restauro dos vagões NQ 357, fabricado em 1958, e o PC 7619-0, fabricado em 1967, com sérios problemas de infiltração e estruturais, que serão corrigidos, além de intervenções nas esquadrias e recomposição do mobiliário interno. Segundo ela, os vagões também receberão modificações exigidas pela legislação para garantir o acesso de pessoas com mobilidade reduzida. Maíra afirmou que obras de restauração são mais complexas porque exigem do profissional pesquisa histórica, que inclui, entre outros métodos, entrevistas com pessoas ligadas à viação férrea, para chegar o mais próximo do original e também preparar o objeto para receber futuros projetos sem perder sua originalidade. 
A expectativa é de que as obras de restauração estejam concluídas num prazo de 120 dias.
Fotos: Fernando Gomes  
Notícia: Programação da XXV Semana Cultural 
Notícia: A Tradição, Confraternização e Cultura com Café de Cambona 
Notícia: Semana Prega Ocupação Dos Espaços Culturais De Santo Ângelo 
Notícia: Audiência Pública Debate Sistema Cultural E Capacita Produtores 

 

EM DESTAQUE

Imobiliária Quintino

Mais de 20 anos realizando ótimos negócios aos clientes, na compra, venda e locação de imóveis.

Saiba mais

vinicola fin

Restaurante o Guarani

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...