Notícias

04/01/2021 08:45


Otávio Reichert - INTEGRANDO - 04/01/2021

O que é anosmia? É a alteração de olfato e de paladar, dois sintomas presentes durante e após a Covid-19. Seguindo declarações do doutor otorrinolaringologista Felippe Felix da UFRJ, abordo essa fisiopatologia causada pelo SARS-CoV-2.

Conforme o Dr. Felippe, o vírus influenza e os rinovírus também podem afetar o olfato em algumas situações. Podemos resumir dizendo que o vírus faz inchar os receptores olfatórios do teto do nariz, da cavidade nasal, e com isso diminuindo a chegada da partícula olfatória. A barreira se cria pelo edema nessa região. O paladar também parece ter receptores desse tipo, os corpúsculos gustativos, lembrando que a perda do olfato, por si só, já altera de alguma forma o paladar das pessoas. Já o gosto é um pouco diferente do sabor. O gosto é azedo, amargo, sal e doce. Isso, a princípio, é preservado. O sabor, que é chocolate, morango, baunilha e qualquer sabor possível, esse depende muito do olfato. Então quando a pessoa perde o olfato, ela, na verdade, vai ter uma alteração do sabor dos alimentos, mas o salgado, o doce, o amargo e o azedo, ela continua sentindo.
 
Eu tive Covid – Dizem que a melhor experiência é aquela que vivenciamos na prática, porém para muitas situações esta premissa não funciona. Este colunista findou sua gestão como Secretário de Saúde de Entre-Ijuís, porém quis o destino de, na véspera do Natal, ser contaminado pelo Coronavírus, mesmo seguindo os principais cuidados e ter tomado algumas doses de Ivermectina durante o ano.

    Assim como a maioria dos integrantes das equipes de saúde, realizei o Teste Rápido costumeiramente, principalmente com a presença de sinais e sintomas. Sentindo dores nas costas, poderia ser muscular, me levaram ao teste em 14 de dezembro, que deu Negativo. Três dias depois, ao perder o olfato e paladar - alerta maior – e apresentar leve coriza, me submeti à chata coleta nasal (com Swab - RT PCR), que confirmou o Covid no dia 21. Novo Teste Rápido já apresentou IgM e IgG, significando ainda estar contaminando porém já com presença de defesa imunológica. Afora as alterações citadas, quase assintomático. A diversidade para cada paciente é grande, e cabem cuidados especiais, independentemente da idade. 

Parosmia? É você sentir o olfato de algo, café por exemplo, mas ter a percepção de odor de chocolate. Existe ali uma substância, mas o cheiro vem distorcido para o cérebro. A parosmia pode ocorrer durante ou no pós Covid. 

Fantosmia? Diferente da parosmia, na fantosmia não existe substância nenhuma ali perto, e a pessoa sente um cheiro fantasma. 

Riscos da anosmia? Um vazamento de gás pode não ser percebido e assim inalando a substância, o que levou alguns pacientes (que moram sozinhos) a adquirir um detector de gás, facilmente encontrado no comércio. Outra sugestão aos que perderam o olfato é etiquetar os alimentos, evitando ingerir alimentos deteriorados.   

Quais as recomendações? Uma delas é o treinamento olfatório, usando óleos essenciais de quatro substâncias com odores característicos, citando o eucalipto, a rosa, o limão e o cravo-da-índia. O paciente deve cheirar cada produto por dez segundos fazendo um intervalo de dez segundos entre um e outro produto para não confundir o cheiro, repetindo esta atividade duas vezes por dia como uma fisioterapia. Com esse treinamento olfatório, aos poucos esta estimulação irá, gradualmente, passar da anosmia para uma hiposmia, que significa sentir um pouco de cheiros, porém distante, dando noção de que está voltando alguma função olfatória. Algumas vitaminas e medicamentos (corticoides) podem auxiliar nestas terapias. Geralmente os edemas dos receptores de olfato e paladar diminuem após 14 dias, mas há pacientes que após meses ainda apresentam alterações. Nestes casos cabe investigar (por imagem) a região do bulbo olfatório, para saber se está tendo recidivas ou outra sequela pós Covid, citando infecções bacterianas ou virais, citando a sinusite.

     Humor: Um gaúcho bebeu demais e dormiu na calçada, e para sacaneá-lo esfregaram cocô de cachorro no bigode. Ao se acordar ele cheirou os braços, a bombacha e outras partes do corpo. Percebendo que o cheiro estava em toda parte, respirou fundo e gritou: - Pelo jeito os cachorros cagaram no mundo...

 

EM DESTAQUE

Tenda da Terra

Artesanato Indígena, Artigos Gaúchos, Quadors, Esculturas, Pintura em Tela, Camisetas, livros, Porcelanas, Cestarias e Lembranças da região.

Saiba mais

Bombas Ferretti

Confecciona bombas de chimarrão em prata e ouro.

Saiba mais

Mais notícias

  • Aguarde, buscando...